O link foi enviado para o seu email.

Não foi possível enviar o link para o seu email. Por favor, verifique o seu email.

Ajuda Online

GEO5

Tree
Settings
Produto:
Programa:
Idioma:

Método das Pressões Dependentes

A suposição base deste método é que o solo, ou rocha, na vizinhança da parede, assume um comportamento elasto-plástico de Winkler ideal. Este material é determinado pelo módulo de reação do subsolo kh, que caracteriza a deformação na região elástica e as deformações limitidas adicionais. Ao exceder estas deformações, o material assume um comportamento plástico ideal.

As seguintes premissas são utilizadas:

  • O empuxo atuante na parede pode assumir um valor qualquer, entre os valores do empuxo ativo e passivo - mas nunca pode exceder estes limites.
  • O empuxo em repouso atua numa estrutura não deformada (w = 0).

O empuxo atuante numa estrutura deformada é dado por:

σ = σa para: σ < σa

σ = σp para: σ > σp

onde:

σr

-

empuxo em repouso

kh

-

módulo de reação do subsolo

w

-

deformação da estrutura

σa

-

empuxo de terra ativo

σp

-

empuxo de terra passivo

O procedimento computacional segue os passos seguintes:

  • O módulo de reação do subsolo kh é atribuído a todos os elementos e a estrutura é carregada pelo empuxo em repouso - ver figura:

Esquema da estrutura antes da primeira iteração

  • A análise continua com a verificação da condição dos limites dos valores dos empuxos atuantes na parede. Nas zonas em que esta condição não for cumprimda, o programa atribui o valor kh = 0 e a parede é carregada por empuxos ativos ou passivos - ver figura:

Esquema da estrutura durante o processo iterativo

O processo iterativo continua até que todas as condições sejam verificadas.

Na análise das etapas seguintes, o programa considera que a parede sofre deformações plásticas. Esta é uma das razões para definir etapas de construção individuais, de acordo com o processo construtivo real.

Bibliografia:

Bartak, J.: Progresivni postupy navrhovani pazenych stavebnich jam. VUT Brno, 1991.

Hurych, P.: Metoda zavislych tlaku. Sbornik konference "Automatizacia projektovania", Vysoke Tatry, 1978.