O link foi enviado para o seu email.

Não foi possível enviar o link para o seu email. Por favor, verifique o seu email.

Missing captcha code. Please check whether your browser is not blocking reCAPTCHA.

Invalid captcha code. Please try again.

Ajuda Online

GEO5

Tree
Settings
Produto:
Programa:
Idioma:

Estabilidade Interna

Força do geo-reforço

A determinação das forças nos geo-reforços é realizada através da divisão e atribuição do empuxo de terra calculado a cada camada. Cada reforço suporta parte do empuxo ativo, que atua na camada correspondente, isto é, a força desenvolvida no reforço Fx = ΣTa,hor.

Forças transmitidas por reforços individuais

A forma da superfície de deslizamento depende na Norma selecionada para a análise.

A análise de estabilidade interna varia consoante o tipo de geo-reforços:

  • reforços extensíveis (Padrão - superfície de deslizamento contínua, AASHTO - Extensible, FHWA NHI-10-024)
  • reforços inextensíveis (AASHTO - Inextensible, JTGD30 - 2004 Highway China Code, TB 10025 Railway China Code, BS 8006 - Coherent Gravity Method)

O empuxo de terra é considerado como ativo para reforços extensíveis, ou como uma combinação de empuxos para reforços inextensíveis.

Verificação da resistência do reforço

A resistência a longo prazo do geo-reforço Rt é calculada a partir dos parâmetros introduzidos para o geo-reforço:

onde:

Rt

-

resistência do reforço a longo prazo

Tult

-

resistência característica do geo-reforço a curto prazo

RFCR

-

coeficiente de redução da deformação a longo prazo (determinado com base no tempo de vida útil do geo-reforço)

RFD

-

coeficiente de redução da durabilidade do reforço (determinado com base no pH do solo)

RFID

-

coeficiente de redução da rotura do reforço ao ser inserido no solo (determinado com base na graduação do solo)

FSUNC

-

coeficiente global da incerteza do modelo

Capacidade de suporte do reforço contra o arrancamento

A resistência do reforço contra o arrancamento é calculado a partir dos parâmetros introduzidos para o geo-reforço e da força normal que atua na direção normal à sua área:

onde:

Tp

-

capacidade de suporte contra o arrancamento

L

-

comprimento do reforço (desde a face frontal até ao final)

Ci

-

coeficiente de interação entre o solo e o geo-reforço

σz

-

tensão geostática vertical

φ

-

ângulo de atrito interno do solo

A verificação da capacidade de suporte do reforço contra o arrancamento pode ser executada de acordo com o fator de segurança ou com a teoria dos estados limite.

Teste o software GEO5.
Gratuitamente e sem restrições nas análises.